Saia godê

Pensando em você que tem curiosidades sobre o modelo godê, nós da Ouro Têxtil Tecidos Finos criamos esta matéria com muito carinho.

Scan by Rodney Todd-White & Son
020 7734 9070

A saia godê é sinônimo de feminilidade e romantismo, é um modelo criado na década de 50, exatamente em 1947 conhecido mundialmente como “New Look” por Christian Dior com o objetivo de valorizar as curvas das mulheres, trazendo  de volta a essência feminina da Belle Epoque, em um contexto de pós-guerra quando o guarda roupa delas estavam totalmente funcionais e masculinizadas devido a sua entrada no mercado de trabalho, substituindo os homens em seus afazeres, enquanto os mesmos estavam em batalha. A atriz Audrey Hepburn foi a musa que fez da moda godê uma referência de estilo nos anos 50 e 60, que perdura até os dias atuais.

É o modelo mais utilizado na moda festa com 90% acima dos outros, dando a possibilidade de criar imensas caldas e de se aventurar em diversos estilos de looks.

Como principais características têm: ser uma saia bem rodada, com ótimo caimento, que destaca a cintura e disfarça o quadril. Ela pode ser usada por qualquer biótipo  desde que se adeque ao seu estilo, e em várias ocasiões, dos momentos mais formais até o dia a dia. É super versátil e nunca sai de moda. Quando estampado em floral traz um ar bem jovial, delicado, e de verão, o romantismo é destacado com o emprego das rendas às peças conferindo sofisticação e glamour.

São modelagens com recortes mais abertos em forma de leque cortado no viés, por isso exigem uma quantidade maior de tecido. Suas subdivisões são:

Thássia Naves – Godê

Godê simples (1/4 de godê): a quantidade mínima para criar uma saia em godê simples é de 3 metros de tecido, pois sua roda é pequena de forma a deixar o look suave e delicado.

Camila Coelho – Godê duplo com várias camadas de saias

Carol Trentini – Godê duplo

Paula Fernandes – Godê duplo com franzido e várias saias

Sabrina Sato – Godê duplo com nesgas

Julia Faria – Godê duplo com pregas

Godê duplo (meio godê): este modelo é mais elaborado que o godê simples, ele pede no mínimo 4,5 a 6 metros de tecido para ter aproximadamente o dobro de roda.

Godê soleil

Godê soleil

Godê Soleil (godê total): devido a sua ampla circunferência confere à peça bastante movimento, podendo ser franzido, plissado, ou com encaixe de nesgas – “Triângulo que termina uma costura para dar folga ao vestuário”. É ideal para aquela saia bufante, por isso pede de 12 a 14 metros de tecidos.

Seja qual for a sua opção de Godê, a Ouro Têxtil Tecidos Finos possui uma infinidade de opções de tecidos de grande beleza e qualidade! Faça-nos uma visita e escolha o seu!!!

Deixe uma resposta