VESTIDO TUBINHO

Vestido tubinho 1960 – Yves Sains Laurent

A matéria de hoje está interessantíssima, nós da Ouro Têxtil Tecidos Finos iremos abordar um assunto que já causou muito alvoroço, e ele é o “vestido tubinho”.

Yves Saint Laurent

Considerado um dos maiores marcos da moda feminina, o vestido tubinho foi criado pelo grande estilista Yves Saint Laurent (1936 – 2008) nos anos 1960, quebrando paradigmas em um cenário de conservadorismo onde se predominavam as saias rodadas (como dito na matéria sobre a Saia Godê), trazendo modernidade e muita ousadia para os padrões da época.

Audrey Hepburn – Bonequinha de Luxo.

Um momento bastante icônico sobre este modelo foi vivido pela atriz Audrey Hepburn no papel de Holly, no clássico filme Bonequinha de luxo, onde aparece com o deslumbrante tubinho longo e preto, figurino criado pela Givenchy.

Com corte reto e justo ao corpo o modelo clássico e atemporal evidencia as curvas femininas, trazendo sensualidade ao look, por isso simbolizava e ainda simboliza algo grande, como a independência feminina e sua força. Sem perder sua essência, ele consegue sofrer variações e continuar sedutor.

Vestido tubinho longo com decote cava americana e abertura profunda no peito.

 

Vestido tubinho longo de um ombro só e fenda lateral.

 

Vestido tubinho com fenda lateral e decote tomara que caia.

 

Vestido tubinho longo tomara que caia de uma alça e fenda lateral.

 

Vestido tubinho longo com fenda lateral e decote cava americana alto.

 

Vestido tubinho longo com recortes nas laterais e gola redonda.

 

Vestido tubinho clássico com manga curta e decote profundo.

 

Vestido tubinho chanel com decote ombro a ombro.

 

Vestido tubinho clássico com decote em V profundo e manga comprida.

 

Vestido tubinho chanel com decote alto de alça.

 

Vestido tubinho chanel justo com decote em U.

 

Vestido tubinho midi de gola redonda e manga 3/4.

 

Vestido tubinho chanel com fenda frontal e decote profundo em V.

Pode ser usado em diversas ocasiões, modificando apenas o tecido, estampas/cores e comprimento. Quanto mais curto e estampado, mais informal será o modelo. Os tecidos utilizados para o vestido tubinho são a Sarja, considerada a melhor por ser confortável e não absorver calor, o Crepes como o Galiano e o Vegas por ser um tecido mais encorpado permitindo um adequado caimento, o Linho, o Jacquard e brocado que são tecidos nobres com relevo, Guipir e outras rendas de grande elegância e sofisticação.

Tipos de corpos.

Todos os biotipos podem vestir este look, temos aqueles mais valorizados que são os corpos de silhueta X o famoso corpão violão que fica bem em tudo, a silhueta H geralmente mulheres magras com pouco busto e bumbum, e a silhueta A que é o corpo típico da brasileira, porém devemos tomar pequenos cuidados com o uso do vestido tubinho pelos corpos de silhueta O que são as mais cheinhas com a cintura maior que a linha do quadril e ombro, e silhueta V com ombros mais largos que o quadril e cintura, por trazer um visual desproporcional às formas femininas.

Na Ouro Têxtil você encontra toda esta gama de Tecidos Finos e a consultoria de um estilista talentosíssimo para você se vestir seguramente e arrasar!

Deixe uma resposta